ANUNCIE SEU IMÓVEL
26/08/19 11:02

Juros mais baixos atraem interessados em financiar casa própria

Juros mais baixos atraem interessados em financiar casa própria
Clientes dos principais bancos do país têm muitos motivos para comemorar. O financiamento imobiliário está mais acessível graças as medidas tomadas no início deste ano, que reduziram o valor dos juros para financiamento de imóveis com uso dos recursos da poupança e a abertura do crédito pró-cotista, disponibilizado pela Caixa Econômica Federal para clientes que utilizam o saldo do FGTS para financiar a casa própria. As taxas cobradas através da linha de crédito do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo estavam congeladas há 17 meses e este ano os principais bancos do país iniciaram um movimento de redução que chegou a menos de 10%. A Caixa Econômica Federal foi a última a adotar a medida. Antes de diminuir os juros para financiamento com recursos da poupança, a Caixa já havia noticiado a liberação da linha Pró-cotista, que utiliza o valor do FGTS para financiar a casa imóveis. A instituição ainda elevou o teto de 50% para 70%, ampliando o perfil de clientes e a concorrência entre os compradores. “Este ano promete ser bastante positivo para o comprador, com os bancos baixando taxas e elevando o teto para financiamento. Nós temos boas perspectivas”, afirma Rodrigo Falcão Vaz, diretor na Imobiliária Nova São Paulo. A imobiliária oferece o serviço de assessoria gratuita para interessados em financiar a casa própria e mantém parceria com as principais instituições bancárias do país. “Nossa equipe de assessoria para financiamento possui bastante conhecimento para orientar o cliente sobre qual linha de crédito é adequada ao seu perfil, orientam sobre a documentação necessária e realizam o envio para a instituição financeira, que fará a análise dos dados”, detalha Rodrigo. Outra modalidade oferecida por bancos públicos e privados é o Sistema de Financiamento de Habitação (SFH) que possui um teto de até R$ 950 mil para clientes no Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo e Distrito Federal e de até R$ 800 mil para compradores de outros Estados. O SFH e o crédito Pró-cotista são as linhas que oferecem as menores taxas do mercado, sendo este último oferecido somente pela Caixa e Banco do Brasil. Existe também uma linha de crédito destinada para a compra de imóveis com valor mais elevado, o Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI). Vaz explica que a imobiliária possui uma ampla carteira de imóveis para atender diversos perfis de clientes. “Mantemos um trabalho organizado que permite diferenciar o perfil de cada cliente, assim apresentamos os imóveis e as linhas de crédito adequada”, reforça. Nos dois primeiros meses de 2018 o volume de empréstimos com recursos da poupança cresceu 22% e os bancos privados se tornaram fortes concorrentes da Caixa Econômica Federal, ampliando as possibilidades de financiamento para os interessados na compra de imóveis novos e usados. Buscar assessoria especializada nesse momento é ideal para acertar na escolha do financiamento e realizar o sonho da casa própria.

NEWSLETTER

Receba as melhores ofertas no seu e-mail!

Assessoria Secovi Correspondente Caixa